Wednesday, December 23, 2009


BEBIDAS SEM ÁLCOOL PARA AS FESTAS
Troca esperta
O suco de uva (fonte de antioxidantes que combatem os radicais livres) integral, de preferência orgânico, é uma boa opção para substituir o vinho. Já os diabéticos devem optar por sucos de frutas diluídos em água, como melancia, morango, laranja, e chás naturais que podem ser consumidos quentes ou frios.




Coquetel de melancia sem álcool
Ingredientes:
1 fatia de melancia
200 ml de limonada
1 colher (chá) de gengibre ralado
Açúcar mascavo a gosto
Gelo
Preparo
Bata no liquidificador a melancia, a limonada o gengibre e o açúcar, até ficarem homogêneos. Sirva com gelo em taças de coquetel.




SOBREMESA NATALINA
Serão pratos rápidos à base de frutas secas, desidratadas, pois concentram boas quantidades de vitaminas e sais minerais, além de terem baixo valor calórico. Aposte em damascos, tâmaras, uvas passas, cerejas e ameixas. Se você não gosta muito das secas, arrisque fazer uma salada de frutas orgânicas com creme de soja e agrade a todos. Entretanto,se as tradições ocupam sua vida e não é possível deixar os deliciosos panetones de lado, não se preocupe. É possível encontrá-los sem glúten, ou até mesmo, prepará-los em casa, substituindo na receita o trigo por farinha sem glúten. O mesmo se aplica a pudins, compotas de frutas, sorvetes e a famosa rabanada (receita abaixo).


Rabanada 
Ingredientes
1 pão integral para a rabanada
1 xícara (chá) de extrato de soja já preparado
1 xícara (chá) de leite condensado a base de leite de soja e mascavo
2 gemas de ovos orgânicos
2 colheres (sopa) de canela em pó

Preparo
Fatie o pão e reserve. Em uma tigela grande junte as gemas já batidas, o leite condensado diet e o extrato de soja. Misture bem. Mergulhe as fatias de pão neste creme, transfira para uma forma untada e leve à geladeira por 20 minutos. Em seguida, leve ao forno preaquecido (180ºC) até dourar as rabanadas. Retire do forno e ainda quente, salpique a canela.

Rendimento
12 porções


Friday, December 18, 2009


NATAL DIFERENTE COM MUITA SAÚDE
Aposte em pratos fáceis e rápidos à base de soja: almôndegas, empadões, pastéis, bolo de carne ou ainda, use a proteína texturizada de soja como alternativa vegetariana, com azeite, cebolas e pimentão. Outra sugestão é um risoto com arroz integral, tomate seco e castanha do Pará, acompanhado a uma salada verde com palmito orgânico. Para deixar as receitas com cara de fim de ano, abuse das frutas naturais como abacaxi e cereja para enfeitar e dar um toque diferenciado à mesa.

Ingredientes para o prato a base de proteína texturizada:
6 batatas
3 xícaras (chá) de carne de soja em pedaços
1 pimentão verde cortado em tiras
1 pimentão vermelho cortado em tiras
2 cebolas fatiadas
3 dentes de alho picados
2 tomates maduros sem pele e sem semente cortados em pedaços grandes
Salsa picada a gosto
100 g de azeitonas pretas sem caroço
3 ovos orgânicos cozidos em rodelas
Azeite de canola  para refogar e regar
Sal em pequena quantidade



Preparo:
Hidrate a proteína de soja em água morna por 20 minutos. Escorra bem a água e reserve. Cozinhe as batatas com casca, e depois de cozidas e descascadas, corte cada uma ao meio e arrume-as numa forma ou assadeira. Salpique com sal. Em uma panela refogue o azeite, o alho e a cebola, junte a proteína de soja e cozinhe. Sobre as batatas coloque a proteína de soja, regue com azeite, cubra com os pimentões e os tomates. Cubra com as azeitonas e as rodelas de ovo cozido. Regue novamente com o azeite de oliva e leve ao forno baixo (150°C), preaquecido, por cerca de 1 hora ou até que os ingredientes estejam "al dente". Salpique a salsa picada e sirva.

Rendimento
6 porções

Wednesday, December 16, 2009


SALADA NATURAL DE NATAL


Ingredientes:
1 xícara de milho preferêncialmente espigas.
1 xícara de ervilha em pacote orgânica
1 vidro pequeno de palmito
50 g de azeitonas verdes
6 folhas de alface, de preferência orgânicas
4 tomate orgânicos
2 cenouras orgânicas
3 colheres (sopa) de azeite de oliva extravirgem orgânico
Sal marinho o mínimo possível
Salsa e cebolinha a gosto
Uvas-passas orgânicas a gosto


Preparo:
Pique os tomates e o palmito. Rale a cenoura e pique as azeitonas, a salsinha e a cebolinha. Em uma tigela grande misture todos os ingredientes, exceto as uvas-passas, e tempere com o azeite e uma pitadinha pequena de sal. Decore com as uvas passas.

Rendimento:
6 porções


CEIA NATALINA NATUREBA

A partir de agora, até o dia 24 de dezembro, você vai receber dicas  de como preparar  refeições simples e totalmente integrais.As festas de fim de ano se tornarão muito mais saudáveis e menos calóricas. Acompanhe.

Entrada:
Surpreenda seus convidados com saladas de alface, rúcula, agrião, pepino e tomate, temperadas com azeite de oliva extravirgem orgânico e ervas aromáticas, como manjericão, orégano, alecrim, sálvia, entre outras. Acrescente também cereais integrais nas saladas,de preferência cruas.Assim sua refeição terá abundância de fibras gerando saciedade, além de serem ricas em vitaminas e minerais com baixa caloria. Experimente usar o molho de soja para temperar o tabule de quinua.
Outra opção interessante é a salada de folhas verdes com palmito orgânico, temperada com azeite extravirgem e sementes de gergelim preto. Além de enfeitar a mesa, torna a ceia mais nutritiva, pois é fonte de vitaminas, minerais e gorduras insaturadas. Caso opte pelas que utilizem maionese, procure substituí-la por iogurte natural ou creme de soja (substituto do creme de leite). Seus pratos podem ser incrementados com feijão fradinho, grão-de-bico e palmito.

Friday, December 04, 2009


.
 AGRIÃO CONTRA O CÂNCER
Rica em vitaminas B3 e B6, betacaroteno, manganês, zinco e fibras que auxiliam no bom funcionamento do intestino, a hortaliça ganhou espaço para novos estudos que indicam sua capacidade contra o desenvolvimento de diversos tipos de cânceres e outros tratamentos medicinais. O agrião age no combate aos radicais livres, tem propriedades purificadoras para vários órgãos do corpo como estômago, fígado e pulmão. Ao contrário de muitas outras hortaliças, ele permite que toda sua estrutura seja utilizada para tratamentos medicinais, além de reunir outras características terapêuticas como o combate a infecções e a ao excesso de ácido úrico.



Confira uma dica de receita com agrião leve e saborosa para o verão.


Salada Equilíbrio
Ingredientes do molho
1 pote de iogurte natural integral
1 fatia fina de gengibre ralado
1 colher (chá) de mostarda
1 colher (sopa) de fondor (ou tempero de sua escolha)
1 colher (sopa) de cebolinha verde picada

Ingredientes da salada
15 ramos de agrião
1 xícara (chá) de alface picada
1 xícara (chá) de arroz integral cozido
½ xícara (chá) de erva-doce fresca picada
½ xícara (chá) de palmito cortado em rodelas
1 cenoura cortada em tiras finas

Preparo
Para o molho, em um recipiente misture muito bem o iogurte, o gengibre, a mostarda e o fondor, acrescente a cebolinha e reserve. Para a salada, em um prato coloque o agrião e a alface, formando uma base. Misture o arroz, a erva-doce e coloque sobre as folhas. Arrume a cenoura e o palmito por cima e sirva com o molho.

Rendimento
2 porções


Sunday, November 15, 2009


OS BENEFÍCIOS DO PRATO COLORIDO
A cor de cada alimento representa uma predominância de nutrientes e ou fitoquímicos capaz de trazer benefícios e prevenções de diversas doenças. Quanto mais cor houver no prato, mais tipos de substâncias que ajudam a combater os radicais livres vão ser ingeridas, pois cada alimento nos dá um tipo diferente de antioxidante.O ideal é que se atinja no mínimo de 3 a 4 cores diferentes nas refeições principais como café da amanhã, almoço e jantar.

Laranja: (cenoura, abóbora, batata doce, manga, tangerina), são ricos em vitamina A e C, betacaroteno e bioflavonoides, excelentes no auxílio de retenção hídrica e nos processos inflamatórios. A vitamina C atua como antioxidante e ajuda na síntese do colágeno da pele.

Amarelos: são ricos em vitamina A e antioxidantes como betacaroteno e luteína. São ótimos para ajudar na manutenção dos tecidos e dos cabelos, além de beneficiar a visão noturna e aumentar a imunidade do organismo. A vitamina C também está presente e atua como antioxidante e na síntese do colágeno da pele. Dos alimentos amarelos, podemos destacar o abacaxi, ameixa, caju, carambola, damasco, mamão, milho, pimentão amarelo, melão, limão e grapefruit.

Vermelho: é o caso dos alimentos como: pimentão, tomate, beterraba, repolho roxo, maçã, morango, uva vermelha, melancia, cereja, caqui, framboesa, goiaba, pitanga e romã. Eles apresentam antioxidantes como o licopeno e a vitamina C. Ainda apresentam flavonóides, que são fitoquímicos antioxidantes que ajudam a prevenir as doenças crônicas como diabetes, hipertensão e doenças cardiovasculares. Os alimentos vermelhos atuam na proteção contra diversas doenças e o estresse.

Verde: destaca-se a quantidade de clorofila, que é um potente energético celular, betacaroteno e luteína, ambos antioxidantes, folatos, vitaminas C e E, cálcio, ferro e potássio. Entram nessa seção o espinafre, uva verde aspargos, brócolis, repolho, escarola, kiwi, acelga, alface, repolho, salsa, agrião, chicória, couve, rúcula, pimentão verde, manjericão, abacate, abobrinha, quiabo, vagem, ervilha, limão e pepino.

Brancos: ricos em substâncias anti-inflamatórias, antifúngicas e antitumorais (protegem contra cânceres). Além disso, possuem substâncias como os compostos organossulfurados, como é o caso do alho e da cebola.

Sunday, November 08, 2009


ASSAÍ UM ESTIMULANTE BEM BRASILEIRO
Não há nada melhor do que beber um suco refrescante no calor, certo? Não sei quantos graus está aí na sua cidade, mas no verão brasileiro as temperaturas atingem valores elevadíssimos. Pensando nisso, escolhemos um suco rápido e revigorante para divulgarmos aqui no blog. A bebida tem alto teor energético, antioxidade e, de quebra, auxilia no funcionamento do intestino. Todo o sabor em 350 calorias.

Suco de açaí com banana
Ingredientes
1 polpa (100 gramas) de açaí
1 copo de água
1 banana
1 colher (sopa) de linhaça


Preparo:
Bater tudo no liquidificador e servir gelado.

Rendimento:
1 copo

Informações valiosas :
O açaí é muito consumido pelos brasileiros. O que poucos sabem é que além de saboroso é muito nutritivo.Além disso é uma fruta característica da Região Norte do Brasil e muito consumida “na tigela”. Ele também pode ser saboreado em sucos, doces, sorvetes e geleias. É rico em proteínas, fibras, lipídios, fósforo, ferro e cálcio, vitaminas C, B1 e B2. Além de ser excelente para repor as energias, o açaí auxilia no trânsito intestinal, estimula a memória e protege a saúde ocular.


REPOLHO UM PREVENTIVO CONTRA O CÂNCER
O repolho é uma ótima fonte de vitamina C; ajuda a cicatrizar úlceras pépticas;previne o câncer de cólon e os tumores malignos causados pelo estrogênio; além de ser pobre em calorias e rico em fibras, potássio, folato e betacaroteno, um precursor da vitamina A.

Pessoas que consomem grande quantidade de repolho têm menor probabilidade de desenvolver câncer de cólon, graças aos bioflavonóides, aos indóis, à genisteína e a outras substâncias químicas presentes no repolho, que inibem o crescimento de tumores e protegem as células dos danos causados pelos radicais livres liberados quando o organismo queima oxigênio. Como algumas dessas substâncias aceleram o metabolismo do estrogênio, as mulheres que consomem grande quantidade de repolho têm menos chance de desenvolver câncer de mama, útero e ovário.

O repolho também é indicado nos casos de úlceras, náuseas, nevralgias, erisipela, gota, reumatismo e rouquidão; bem como é ótimo para o sistema digestivo e para o fígado.



Sunday, October 18, 2009


SALSA . A VERDINHA PRECIOSA !

Presente em pratos como assados, refogados, saladas, tortas, sopas ou até em arroz e feijão, a salsa dá toque especial ao alimento. Mas além de sua beleza para decoração de diversos alimentos, a salsa tem grande valor nutritivo e é utilizada em alta escala por todas as donas de casa.
  Tanto folhas, como sementes e raiz da salsa exercem valor medicinal no tratamento de problemas da bexiga e rins (areia, pedras, congestão e icterícia), de reumatismo, artrite e ciática. A afirmação é feita no livro O Poder das Ervas - Um guia sobre o uso medicinal, culinário e paisagístico de plantas selvagens e cultivadas, Editora Best Seller.
  A salsa contém muito ferro, é rica em vitaminas A, B e C, além de conter cobre, manganês e zinco. As folhas moídas, aplicadas externamente, são usadas pelos herboristas para expelir tumores, podendo ser misturadas com celidônia, confrei e trevo-vermelho para o mesmo fim. Para aumentar seu volume, é necessário cortar a salsa, no segundo ano, quando surgem os pedúnculos. Uma curiosidade é que, devido a boa reputação da salsa no século 16, na Inglaterra, consta que William Turner declarou que se fosse atirada num tanque cheio de peixes “curaria os que estivessem doentes ali mesmo”.
  Se curou ou não os peixes doentes não se sabe, mas com certeza no ser humano ela exerce grande poder curativo.O chá da raiz de salsa é bom em casos em que, em virtude da nefrite ou da cistite, o ato de urinar torna-se doloroso.
  A salsa é também eficiente no combate de gases do estômago e dos intestinos. Para isso, deve-se ferver a raiz e tomar a água. Outra prática é tomar o suco das folhas de salsa com leite quente e mel, em jejum, para combater asma. Seus benefícios não param aí. De acordo com o Manual, contra a falta de apetite recomenda-se mastigar algumas folhas de salsa meia hora antes da refeição.
  Sejam salsas crespas (Petroselinum crispum) ou as de cheiro-verde ( Petroselinum sativum) na hora da compra deve-se escolher as que possuem folhas bem verdes, talos firmes e sem marcas de picadas de inseto. Folhas amarelas indicam que o alimento está velho. É importante informar que cem gramas de salsa fornecem 43 calorias.


  Diurética
  Segundo o Dr. Varro E. Tyler, pesquisador norte-americano, a erva contém miristicina e apiol, compostos que ajudam a na eliminação da urina aumentando o fluxo de sangue para os rins.
   Ponha água fervente em cima de um pouco de salsa fresca esmagada ou use uma colher de chá de salsa desidratada. Deixe descansar por dez minutos, coe e beba.




PREVENÇÃO DE DOENÇAS ESTÁ NO PRATO

"Você é o que come", diz uma expressão popular. Então, diante de uma rápida análise de sua alimentação diária, você se vê como uma "suculenta coxinha" ou está mais para uma "sequinha e nutritiva fatia de pão integral"?
 
Pense: se o que é ingerido diariamente reflete sua imagem, o resultado seria positivo? Acontece que a questão vai muito além da boa forma e implica o que é essencial, ou seja, sua saúde. Muitas doenças - inclusive o temido câncer - podem ser evitadas se optarmos por uma dieta equilibrada, de preferência desde os primeiros anos de vida.

Estudos apontam, por exemplo, que um em cada três casos de aparecimento de tumor pode ser prevenido com a adoção de um cardápio saudável, além da manutenção do peso apropriado e a prática de uma atividade física.
 
O melhor tratamento para o câncer é a prevenção. E os hábitos alimentares são cruciais nesse processo.
 
É fato: a alimentação deficiente em nutrientes e em substâncias protetoras abre lacunas para a enfermidade se instalar no organismo. E os principais fatores que aumentam as possibilidades do aparecimento da enfermidade são o baixo consumo de fibras e altos níveis de gorduras no organismo.

Dá-se o nome de câncer a um conjunto de mais de 100 doenças cujo traço comum é o crescimento desordenado de células que invadem os tecidos e órgãos. Dividindo-se rapidamente, estas células tendem a ser muito agressivas e incontroláveis, determinando a formação de tumores ou neoplasias malignas.
 
Há alimentos que previnem essa deterioração e alguns até auxiliam na recuperação da célula. São os alimentos antioxidantes, que anulam o efeito dos radicais livres prevenindo e ajudando a frear o desenvolvimento do mal, e alimentos funcionais que, além de nutrir, trazem consigo substâncias protetoras.
 
A boa alimentação diária ajuda, inclusive, quando a doença já está instalada. Por intermédio do prato é possível auxiliar o tratamento impedindo o desenvolvimento de metástases.

ATENÇÃO A ESSES FATORES:

A doença seria o resultado de uma série de eventos, causados por três tipos básicos de fatores predisponentes. A nutricionista Caroline Bergerot explica quais são eles:

- Fatores ambientais nos quais se destacam a dieta, os vícios, os hábitos, as infecções, a exposição a fontes de radiação, entre outros.

- Fatores do hospedeiro, ou seja, que dizem respeito à própria pessoa, como personalidade, fisiologia e malformações orgânicas.

- Fatores genéticos como a história familiar e a presença de síndromes específicas.

- Portanto, fique atento e busque melhorar sua qualidade de vida. Isso inclui manter dieta e hábitos saudáveis, evitar o sedentarismo e o estresse e procurar orientação médica sempre que necessário. 

DIGA SIM:
 
Previne o aparecimento do câncer e deve fazer parte de seu cardápio diário:

- Aveia e farelo de aveia: possuem beta-glucana, vitamina E e fonte de fibras;
- Cogumelos: são anticarcinogênicos e antioxidantes;
- Iogurtes fermentados: protegem o intestino por manterem a flora renovada;
- Linhaça: possui excelente teor de ômega-3, é ótima fonte de fibras e lignana, uma substância protetora;
- Soja: reduz a incidência de câncer de mama;
- Oleaginosas (castanhas, nozes, amêndoas): possuem resveratrol, vitamina E e outras substâncias que previnem os tumores;
- Chá verde: possui substâncias protetoras que ajudam a evitar doenças coronarianas e câncer;
- Tomate, molho de tomate, melancia goiaba vermelha: contêm licopeno, nutriente que auxilia na prevenção do câncer, especialmente de próstata;
- Salsinha: possui apigenina, substância com ação anticarcinogênica e anti-inflamatória;
- Gengibre: é um importante e forte antioxidante.

DIGA NÃO:
Se quer se manter longe da doença, evite:

- Açucar refinado, sal, farinha branca e álcool;
- Cafeína (chá mate, chá preto, café), frituras;
- Produtos de origem animal, principalmente carne;
- Produtos industrializados como embutidos, enlatados e envidrados.

Saturday, September 26, 2009


ALIMENTOS DA FELICIDADE



A serotonina é uma substância do sistema nervoso que transmite mensagens entre células, podendo ser, também, considerada o "prozac" natural do ser humano, uma vez que é responsável pelo sentimento de bem-estar e atua diretamente no humor.
Segundo pesquisas nos Estados Unidos e Europa, a comida e a felicidade têm uma relação mais estreita do que a aparente. Eis que o Instituto Norte-Americano de Saúde Mental divulgou pesquisas sobre alimentos anti-depressivos naturais, que ajudam a combater o desânimo. Além dos carboidratos - arroz, macarrão, pães, cereais - o chocolate, a castanha-do-pará, frutos do mar e pimenta são capazes de estimular a serotonina.
A Universidade de Oxford divulgou dados que apontam o abacaxi e a banana como altamente estimulantes do bom humor. Eles são ricos em determinados aminoácidos que ativam nosso "prozac" natural. As pimentas vermelhas provocam um ardor nas terminações nervosas da boca, que mandam falsos sinais de dores para o cérebro, que por sua vez libera endorfina - substância que além de diminuir a intensidade da dor, provoca sensação de contentamento. Uma castanha-do-pará por dia afasta a tristeza porque é rica em selênio, mineral de propriedades calmantes, também encontrado nos frutos do mar. Enfim, escolha o seu alimento preferido e descubra como comer pode ser gratificante.
  • Cacau
  • Arroz Integral
  • Macarrão
  • Pães Integrais
  • Cereais
  • Banana
  • Abacaxi
  • Castanha-do-pará
  • Frutos do mar
  • Pimenta

CÔCO VERDE E SUAS MARAVILHAS!

A água do côco é encontrada em maior abundância no côco ainda verde e as quantidades dos nutrientes variam de acordo com o estágio de maturação da fruta. Quanto mais amadurecido maior a quantidade de gordura e quanto mais verde, maior a quantidade de vitamina C.


Por ser fonte de minerais como sódio e potássio é excelente para o verão, pois repõe rapidamente as perdas desses minerais através da urina e pele, e ainda evita a desidratação. Mas outros minerais são encontrados na água de côco, tais como: cálcio, manganês, magnésio, cobre e ferro.



Entre as vitaminas, em maior quantidade encontramos as do complexo B (B1, B2 e B5), A e C. As duas últimas são consideradas poderosos antioxidantes que atuam na proteção das células contra a ação dos radicais livres.

E não é só isso, a vitamina C atua no sistema imunológico aumentando a resistência contra infecções, colabora com a absorção de ferro no organismo e auxilia na prevenção de câncer de estômago e pulmão.



O óleo de coco extra virgem é o único óleo vegetal que contém alta concentração de ácido láurico. O consumo regular desse ácido protege o organismo contra vírus, bactérias, fungos, etc. e ainda ajuda na regularização intestinal, tanto em casos de diarréia quanto prisão de ventre. 

Tuesday, September 22, 2009


COLORINDO SUA SAÚDE


Alimentos Laranjas



Vegetais: Cenoura, abóbora, batata doce


Frutas: Manga, laranja, tangerina


Contém beta-caroteno (que forma a vitamina A no organismo), licopeno e vitamina C, absorção do ferro pelo organismo e para uma pele saudável.






Alimentos amarelos


Vegetais: Milho, pimentão amarelo, abóbora


Frutas:Melão, limão, grapefruit


Contém vitamina B6 e vitamina C, importantes para a absorção do ferro pelo organismo e para uma pele saudável.






Alimentos vermelhos


Vegetais: Pimentão, pimenta, beterraba, repolho roxo


Frutas: Maçã, morango, uva vermelha, melancia, cereja, tomate


Contém licopeno e vitamina C, que agem como antioxidantes.




Alimentos verdes


Vegetais: Espinafre, aspargos, brócolis, repolho, pimentão verde


Frutas:Kiwi, uva verde


Contém beta-caroteno, vitamina K e vitamina C, nutrientes que contribuem para a visão, para uma pele saudável .


Na alimentação, a cor é de suma importância. Quanto mais colorido é o prato de comida à nossa frente, mais o nosso organismo agradece.

Thursday, September 10, 2009

RECEITA PARA UMA PELE SAUDÁVEL
Uma alimentação equilibrada, associada a um estilo de vida natural contribuirá decisivamente para a saúde da pele fornecendo os nutrientes responsáveis por garantir sua integridade, elasticidade e brilho. Por outro lado, uma nutrição deficiente refletirá em uma pele sem vida. Dessa forma, se você deseja manter-se sempre bela é fundamental incluir no seu cardápio diário fibras, água, vitaminas e minerais diariamente.
Consuma:
ß-caroteno: vegetais folhudos verde-escuros, batata doce, cenoura, couve, espinafre e abóbora, entre outros.
Glutationa: abacate, aspargo, melancia, morango, batata branca, brócolis, tomate cru, entre outros.
Indóis: brócolis, couve de bruxelas, repolho, couve flor, agrião, couve, rabanete e nabo.
Licopeno: tomate, melancia, damasco.
Quercitina: cebola, uva vermelha, brócolis e abóbora amarela italiana.
Coenzima Q10: sardinha, amendoim, nozes, semente de gergelim.
Vitamina C: pimentão verde e vermelho, brócolis, couve de bruxelas, couve flor, morango, espinafre e frutas cítricas.
Vitamina E: óleos vegetais, amêndoas, soja, sementes de girassol.

*Ingerir no mínimo 8 copos de líquido por dia. A ingestão de água pura em pequenos volumes e sempre fresca (quase gelada) é a melhor forma de se hidratar, pois desta forma a absorção é mais rápida, e consequentemente melhor a recuperação de perda
.

Thursday, September 03, 2009

ALIMENTOS QUE TEM O PODER DE ACALMAR

Segundo pesquisadores da área da saúde, algumas substâncias encontradas nos alimentos têm a propriedade de melhorar e até estimular o sistema nervoso.

Temos o exemplo do mel e também dos carboidratos, que têm a capacidade de aumentar a produção de serotonina, substância essa responsável pela sensação de prazer e bem-estar. O chocolate provoca um efeito semelhante, funcionando como um calmante em situações difíceis.

Evite alimentos como o chá preto, o café, pois são produtos ricos em cafeína, o que provocará um aumento da ansiedade. Gorduras saturadas e álcool igualmente precisam e devem ser eliminados dos hábitos nutricionais. Eles interferem negativamente no organismo provocando fadiga e raciocínio lento.

Alimentos Recomendados:


Alface: Propriedades atenuantes para a irritação; a lactucina e lactupicrina, encontradas nos talos das folhas, e que atuam como calmante.

Mel e carboidratos: Estimulam a produção de serotonina, responsável pela sensação de bem-estar.

Espinafre e brócolis: Previnem a depressão. Contém potássio e ácido fólico, importantes para o bom funcionamento das células. Estabilizam a pressão e garantem o bom funcionamento do sistema nervoso devido ao magnésio, ao fosfato e às vitaminas A, C e ao Complexo B.

Peixes e frutos do mar: Diminuem o cansaço e a ansiedade, uma vez que contém zinco e selênio que agem no cérebro.

Laranja: Promove um melhor funcionamento do sistema nervoso. É um relaxante muscular e ajuda a combater o estresse e previne a fadiga. Rica em vitamina C, cálcio e vitaminas do Complexo B.

Uvas: Melhoram o funcionamento do sistema nervoso. Atuam como antioxidantes e retardam o envelhecimento precoce. Possuem boas doses de vitaminas do complexo B, C, flavonóides e carboidratos.

Banana: Diminui a ansiedade; garantindo um sono tranquilo. É rica em carboidratos, potássio e magnésio e possui vitamina B6.

Cacau: Este é o que tem maior impacto sobre o humor.Age como calmante no cérebro agitado. Contém tirosina, substância que estimula a produção de serotonina.



Thursday, August 27, 2009

PIMENTA FAZ BEM À SAÚDE !
Pimenta faz bem à saúde e seu consumo é essencial para quem tem enxaqueca. Essa afirmação pode cair como uma surpresa para muitas pessoas que, até hoje, acham que o condimento ardido deve ser evitado. Ela traz consigo alguns mitos, como por exemplo: o de que provoca gastrite, úlcera, pressão alta e até hemorróidas. Nada disso é verdade. Por incrível que pareça, as pesquisas científicas mostram justamente o oposto! Muitos dos seus benefícios  estão sendo investigados neste exato momento, pela comunidade científica e farmacêutica, originando alguns dos projetos de pesquisa mais picantes deste início de terceiro milênio. A substância química que dá à pimenta o seu caráter ardido é exatamente aquela que possui as propriedades benéficas à saúde. As substâncias capsaicina e piperina ardem, mas são estudadas justamente pelas propriedades antidor que possuem! Surpresa! Elas provocam a liberação de endorfinas - verdadeiras morfinas internas, analgésicos naturais extremamente potentes que o nosso cérebro fabrica! Pimenta faz bem à saúde e seu consumo é essencial para quem tem enxaqueca. E tem mais: as substâncias picantes das pimentas (capsaicina e piperina) melhoram a digestão, estimulando as secreções do estômago. Possuem efeito carminativo (antiflatulência). Estimulam a circulação no estômago, favorecendo a cicatrização de feridas (úlceras), desde que, é claro, outras medidas alimentares e de estilo de vida sejam aplicadas conjuntamente.
Existem cada vez mais estudos demonstrando a potente ação antioxidante, antienvelhecimento da capsaicina e piperina.

PRESERVE A PROPRIEDADE DOS ALIMENTOS

Tem gente que descasca a beterraba para depois cozinhá-la ou retira a casca da pêra antes de comê-la. Atitudes aparentemente inofensivas podem prejudicar o efeito das propriedades dos alimentos.

Por isso, algumas dicas nutricionais, tão fáceis de seguir em casa, podem ser úteis para o melhor aproveitamento do cardápio.

Cozinhar os alimentos com casca  é a primeira delas. Não abusar do tempo de cozimento  dos legumes também evita a perda de vitaminas e minerais; Sem contar que se recomenda consumir verduras cruas.

As frutas e legumes devem ser armazenados em locais frescos, à sombra ou nas gavetas da geladeira. Não vale levar mais de uma semana para usá-los. E atenção: nada de cortar a fruta e demorar para comer.

Na hora do preparo, prefira cozinhar com óleo vegetal ao invés de banha; coloque os vegetais para cozinhar em panelas tampadas e com o mínimo de água fervida possível, dando preferência às de ferro, porcelana, vidro ou barro para o cozimento.

As panelas de alumínio ou anti-aderentes, com o uso, liberam substâncias tóxicas que ficam impregnadas nas frutas e legumes; Se lembrar vale reutilizar a água do preparo dos alimentos para fazer arroz, feijão, sopas e molhos, pois ela é rica em nutrientes e sais minerais.

Sunday, August 09, 2009

SUCO DE BETERRABA É RICO EM ENERGIA E DIMINUI A PRESSÃO ARTERIAL
Você sabia que o suco de beterraba pode ajudá-lo a se exercitar até 16% mais? Isto porque o nitrato contido na beterraba diminui o consumo de oxigênio fazendo com que nos sintamos menos cansados durante os treinos. Além deste achado ser importante para atletas, também se aplica a idosos e indivíduos com problemas cardiovasculares e respiratórios ou com doenças metabólicas.
Durante este trabalho, em específico, os indivíduos consumiram 500 ml de suco ao dia por 6 dias antes de completarem testes de ciclismo. O grupo que consumiu o suco conseguiu se exercitar em média 11,25 minutos ou 92 segundos a mais do que o grupo que não consumiu a bebida. O grupo que consumiu o suco também apresentou uma pressão sanguínea menor em repouso.
O mecanismo que faz com que a beterraba seja tão boa ainda não foi esclarecido porém suspeita-se que o nitrato seja convertido em óxido nítrico no organismo, o que provocaria vasodilatação, reduziria a pressão e diminuiria o uso de oxigênio durante o exercício.

Está convencido? Então aqui vão algumas receitas com a beterraba para você já começar a incrementar sua dieta:

- Suco de laranja, cenoura e beterraba
  • 1/2 dúzia de laranjas grandes
  • 1 beterraba grande
  • 1 cenoura grande
Passe a beterraba e a cenoura na centrífuga. Misture o restante com o suco das 6 laranjas. Você pode variar substituindo a cenoura por mamão.

- Suco de beterraba com limão

  • 1 litro de água
  • Suco de 1 limão
  • Suco de 1 beterraba média
  • Mel
  • Gelo
Bata tudo no liquidificador e coe. Como opção você pode incluir as folhas da própria beterraba e ainda salsa.

- Suco de tangerina e beterraba

  • 1 tangerina média
  • ½ xícara (chá) de água filtrada ou mineral
  • 1 beterraba média
Retire as sementes da tangerina e bata tudo no liquidificador.
O REMÉDIO ESTÁ NA FEIRA
Existem alternativas para as pessoas que não gostam de frutas, verduras e legumes?
Não, Não e Não!!! Estes alimentos são as melhores fontes de inúmeras vitaminas, minerais, fibras e fitoquímicos. Por isto, a não ingestão regular dos mesmos é muito prejudicial visto que são os grandes responsáveis pela manutenção da integridade de nosso intestino (o segundo cérebro), eliminam toxinas, fortalecem nosso sistema imune e fornecem substâncias que não estão presentes em outros tipos de alimentos e, cujas funções incluem propriedades antioxidantes, desintoxicantes e anticancerígenas. Ademais muitas substâncias contidas nestes alimentos de origem vegetal ainda não são bem compreendidas. Como então substituir algo ainda não bem estudado e compreendido por qualquer outro alimento, suplemento ou medicamento? Impossível!
Outro grande benefício do consumo de frutas, verduras e legumes é que o risco de intoxicação pelo uso dos mesmos é quase inexistente enquanto a super dosagem por suplementos ou medicamentos é comum. E para aqueles que enfrentam problemas digestivos como gases, distenção abdominal ou má digestão o consumo de frutas, verduras e legumes é muito benéfico já que possuem enzimas que naturalmente melhoram a quebra de todos os alimentos evitando estes sintomas tão desagradáveis.
Entenda também que ao não consumí-los você acabará abusando de alimentos bem menos saudáveis como farináceos, açúcares, doces, refrigerantes e muitos outros tipos de industrializados. Estes podem aumentar o risco de problemas digestivos, alergias, intolerâncias, obesidade, diabetes e muitos tipos de câncer. Faça então um esforço sincero e vá adaptando-se ao paladar destes alimentos tão benéficos para sua saúde e beleza.

Thursday, July 30, 2009

FONTES DE TRANQUILIDADE

Coisa mais chata esse negócio de conviver com gente estressada. Ok, damos um desconto. Talvez, elas tenham motivos para ficarem assim. Mas nós já vamos avisando: um deles pode ser a má alimentação. Quando o organismo não está bem, ele libera milhares de reações que afetam diretamente o cérebro. Aí tudo fica mais complicado e até mesmo tarefas simples do dia a dia começam a dar nos nervos. Ainda bem que existem alimentos que ajudam a deixar o corpo e a mente calmos.

Para se ter ideia, a sensação estressante pode ser causada até pela fome, pois não fomos 'programados' para tê-la. Isso significa que comer já promove um conforto? Sim, mas nada impede que você invista em um cardápio relaxante também.

Vamos explicar tintim por tintim. Em primeiro lugar é importante dizer que o estresse é uma reação normal do corpo. Ele nos mantém alerta em situações de perigo. É como se fosse um instinto de sobrevivência, portanto, sem ele, nossa reação de luta ou fuga seria mínima. O problema surge quando essa sensação é exagerada - aí, geralmente vem acompanhada de dores de cabeça e no corpo.

A alimentação entra na jogada quando o organismo produz a serotonina, uma substância reconhecida cientificamente como uma das responsáveis pelo sentimento de bem-estar.Ela atua de forma eficiente no nosso sistema nervoso central, fazendo que os níveis de estresse e agitação se equilibrem.

Esse composto, no entanto, não existe no organismo, ou seja, só é produzido após a ingestão de alguns nutrientes (ou atividades físicas), como o triptofano, um aminoácido essencial que ajuda a manter o equilíbrio do corpo e pode ser encontrado no azeite de oliva, no chocolate e na aveia, por exemplo.

E se você está estressado e costuma dispensar aquela saladinha na refeição, é melhor reconsiderar. Na alface está presente a lactucina, um composto reconhecido por induzir o sono. Claro que a simples ingestão do alimento pode não fazer qualquer efeito caso a pessoa esteja cercada de comportamentos estressantes. Em outras palavras, a alimentação pode auxiliar (bastante) a promover a tranquilidade, mas isso também depende dos hábitos de cada um.

Quem pratica exercícios físicos, por exemplo, tem ótimas chances de manter o corpo relaxado. É claro que tudo depende da intensidade e duração dos movimentos, mas, no geral, são bem-vindos. Para os adeptos de atividade, aqui vai uma dica: coma mais magnésio. Ele é um mineral que ajuda no relaxamento muscular e nervoso. A sugestão também vale para os menos esportistas, portanto, castanha-do-pará, soja e brócolis são boas fontes dessa substância.

Outro mineral que também tem ação calmante é o selênio (considerado um antioxidante, aliado no combate dos radicais livres). Isso porque ele é convertido em triptofano, que, por sua vez, é transformado em serotonina. Baixos níveis de serotonina podem estar relacionados a alterações no sono.

Há milênios a bebida é utilizada para acalmar os ânimos. O chá de camomila (Matricaria chamomilla L.) é um dos mais conhecidos pela medicina popular. A ação tranquilizante da planta é derivada da epigenina, um tipo de flavonoide. Duas xícaras da bebida por dia são o suficiente para sentir o efeito (o mesmo para o chá de erva-cidreira).

O preparado de raiz valeriana (Valeriana Officinalis), muito utilizado no tratamento de fadiga e insônia, é outra opção relaxante. 

Suco calmante

Ingredientes:
1 copo de água
½ maçã
1 talo de salsão
4 folhas de alface

Preparo:
Bata todos os ingredientes no liquidificador e coe.

Rendimento
1 copo





Saturday, July 18, 2009

DELÍCIAS ORIENTAIS E SEUS BENEFÍCIOS
MOYASHI (Broto de Feijão)
Alimento rico em fibras e vitamina C. É consumido cru ( em saladas regadas com molho shoyu) ou cozido, com carnes e legumes. Aumenta a produção de células de defesa do organismo.
25 KCAL, 1 PIRES.

SASHIMI (Peixes crus)
Em seu óleo existe um tipo de ácido que reduz o colesterol e previne a hipertensão e a arteriosclerose. Algumas espécies, como o salmão, também possuem o ômega 3 que reduz a ocorrência de câncer de mama e de pele.
118 KCAL, 1 posta média de salmão.

KONBU (Alga marinha seca)
Rica em sais minerais como cálcio, potássio, iodo, fósforo, ferro e magnésio, além de fibras. Ajuda a baixar a pressão e a combater a prisão de ventre.
20 KCAL, cada 20g.

SHOGA (Gengibre)
Gingerol e shogaol são os principais ativos dessa raiz, que possui efeito bactericida. Fortalece o sistema de defesa do organismo e possui ação antiinflamatória. Também é um ótimo digestivo. É consumido em conserva ou como acompanhamento de sashimi.
15 KCAL, cada 50g.

WASABI (Raiz Forte)
Graças ao composto isotiocianato, responsável pelo forte sabor. Impede a ação das bactérias e ajuda a prevenir as cáries. É usado em pequena quantidade, geralmente com sushi e sashimi.
0 KCAL.

MISSO SHIRO (Sopa de Soja)
Diz-se que uma tigela dele equivale a um dia a mais de vida. Na receita, pasta de soja, algas, vegetais, tofu e peixe desidratado. É antioxidante, garante o bom funcionamento do intestino e do cérebro.
96 KCAL, 300ml.

SUSHI
Oferece os mesmos benefícios do sashimi com a vantagem de agregar os de outros ingredientes como o arroz com vinagre, que ajuda a ativar a circulação sanguínea.
102 KCAL, 40g.

• SHIITAKE
Esse cogumelo estimula a produção das células de defesa do organismo. Sua eficácia é levada tão a sério que os médicos japoneses o receitam para os pacientes de quimioterapia.
2 KCAL, a colher de sopa.

WAKAMÊ (Algas)
Melhora o funcionamento do sistema imunológico. A alga Nori ajuda na cura de úlceras. A maioria dos tipos de algas possui atividade anticancerígena.

SAUDÁVEL É COMER ATÉ O TALO
Você já parou para pensar na quantidade de alimentos que é desperdiçada durante o preparo daquela sopa de legumes ou de um assado? Sim, porque as cascas de batata ou as folhas da cenoura que vão automaticamente para o lixo também deveriam ir para a panela. 
A natureza é realmente incrível. Até o que consideramos a sobra dos alimentos - ou seja, cascas, sementes, talos e algumas folhas - carrega uma quantidade importante de nutrientes que nosso corpo precisa. Em alguns casos, essas partes menosprezadas dos alimentos são até mais ricas em fibras e vitaminas do que aquilo que consideramos comestível. A dica, portanto, para o bem da nossa saúde - e do bolso também, claro - é tentar aproveitar 100% das frutas e verduras.
Só o fato de descascar qualquer alimento já faz com que ele perca boa parte da sua riqueza nutricional. Para quem ainda não se acostumou com a idéia de consumir as cascas de todos eles, sugere-se que, ao menos, se cozinhe os alimentos sem descascá-los. Assim, a casca forma uma barreira durante o processo e evita que os nutrientes se dispersem na água fervente.

DICAS PRÁTICAS CONTRA O DESPERDÍCIO:

Para que o alimento possa ser integralmente aproveitado, é preciso primeiro checar a sua procedência. De preferência, os alimentos devem ser adquiridos em locais de grande circulação e que estejam preocupados com a higiene e manipulação dos itens expostos. 

Em casa, o próximo passo é lavar muito bem as sobras que serão utilizadas nas receitas. As cascas, por exemplo, estão diretamente expostas a agrotóxicos e outros agentes nocivos. A dica é deixar os alimentos mergulhados durante 15 a 20 minutos em água filtrada com vinagre ou, melhor ainda, em solução à base de cloro, vendida em supermercados e farmácias.

A maioria dos alimentos realmente pode ser aproveitada, mas não recomenda-se, por exemplo, o uso da casca de beterrada nas receitas.Por ser muito porosa, essa casca acaba absorvendo muitas das impurezas que a terra contém. Mas e a casca da batata, que também é cultivada enterrada? A batata é menos porosa e lavada uma série de vezes, de forma industrial.

De modo geral, os especialistas em Nutrição indicam o consumo das folhas verde-escuras porque são importantes fontes de ferro, fibras, cálcio e magnésio. Na lista, estão as folhas de brócolis, couve-flor, beterraba e repolho - sim, todas aquelas que costumamos deixar de lado.